Ads Top

Non Ducor Duco: O parque Independência - Parte II

E continuamos o nosso passeio pelo Parque Independência. Na primeira parte de nossa visita (confira clicando aqui) vimos a Casa do Grito e um pouco dos jardins do Parque. Hoje vamos ver o Monumento da Independência.


Inaugurado de forma incompleta no ano de 1922, o monumento - de autoria de Ettore Ximenes e Manfredo Manfredi - foi concluído quatro anos depois. Em suas laterais temos painéis destacando a independência do Brasil em 1822 e movimentos como a Inconfidência Mineira de 1789 e a Revolução Pernambucana de 1817.



Em seu interior temos a Capela Imperial, construída no ano de 1952 para abrigar os restos mortais de Dom Pedro I e de suas esposas, a imperatriz D. Leopoldina de Habsburgo, e a imperatriz D. Amélia de Leuchtenberg.

Dom Pedro I e D. Amélia foram trasladados do Panteão dos Braganças em Lisboa, e D. Leopoldina foi transladada do Convento de Santo Antônio no Rio de Janeiro.

O conjunto arquitetônico foi tombado entre as três esferas do poder executivo. Entre os meses de fevereiro e setembro de 2012, Dom Pedro I e suas esposas passaram por uma pesquisa cujo objetivo visa a preservação da cripta e de seus restos mortais.













Nenhum comentário:

Olá!

Sua opinião é muito importante para nós. Esperamos sua visita por aqui mais vezes.

Grande abraço e tudo de bom!

Tecnologia do Blogger.