Ads Top

Uma visita pelo “Mar Azul da Mata” de Minas

Centro e trinta mil quilômetros quadrados de pura tranquilidade. Assim é Caparaó, cidadezinha localizada a 361 km de Belo Horizonte e que fica bem próximo do terceiro ponto mais alto do Brasil, o Pico da Bandeira, com seus 2.891 m de altitude.





Caparaó – assim como o vizinho Alto Caparaó, ou “Caparaó de cima”, como é conhecido pelos caparoenses – era habitada por índios que fugiam do Espírito Santo e que encontraram nas terras as margens do rio Caparaó um refúgio. Quem também encontrou refúgio foi Antonio Dutra de Carvalho, refugiado político da Revolução de Santa Luzia.

A Revolução – ou Guerra – de Santa Luzia foi um movimento em que os mineiros procurarammostrar o seu descontentamento com a maioridade súbita de Dom Pedro II. Foi uma das várias revoluções liberais que ocorreram no Brasil Império. Conhecidos como “luzias”, os revoltosos
irromperam a batalha em 10 de junho de 1842 na cidade escolhida como sede do governo revolucionário, a cidade de Barbacena. Como presidente da província foi aclamado o Sr. José Feliciano Pinto Coelho da Cunha (depois barão de Cocais). Os revoltosos venceram alguns duelos e ganharam adeptos de Santa Luzia, Santa Quitéria, Santa Bárbara, Itabira, Caeté e Sabará.

Mas o crescimento da revolta parou a frente da tropa comandada por Duque de Caxias, que em 6 de agosto de 1842 tomou a capital da província (mesma estratégia usada contra os revoltosos paulistas) e no dia 20 de agosto acaba com a revolta em Minas Gerais. Alguns dos vencidos, entre estes o sr. Teófilo Otoni e Camilo Maria Ferreira Armond (Conde de Prados), foram presos em Barbacena e Ouro Preto. Logo depois, foram julgados e absolvidos devido a uma anistia concedida pelo Imperador Dom Pedro II.

Mas Antonio Dutra de Carvalho se refugiou na Vertente Oriental do Caparaó, as margens do rio de mesmo nome, levando consigo familiares, escravos, gado e pertences, assim, formando um núcleo inicial de povoamento. O crescimento do povoado surgiu com a fertilidade do território e a descoberta de caulim, mica e feldspato. Em 1914, foi aberta uma estação de trem por aqui e mais gente foi chegando.





A estação ferroviária de Caparaó, na época, um povoado subordinado ao município de Espera Feliz era uma das paradas da Linha de Manhuaçu saindo da estação de Recreio e atravessando rapidamente o estado do Rio de Janeiro, por meio das estações Dona Emília e Porciúncula. A linha – projetada pela Cia Alto Muriaé – tinha como objetivo inicial ligar Recreio a Sta. Luzia, um povoado no município de Carangola.

A extensão desta até Manhuaçu foi construída entre 1911 e 1915 pela E. F. Leopoldina, que incorporou o patrimônio a Alto Muriaé e concluiu o traçado. Os trens pararam de circular por aqui em 1975, quando o trajeto entre Carangola e Manhuaçu foi extinto.

Parece que o progresso de Caparaó parou junto com a interrupção do serviço de trens: De povoado foi a distrito em 1938 e de distrito passou a cidade em 1963, se separando de Espera Feliz. Mais tarde, em 1995, perdeu território para o recém-criado município de Alto Caparaó. Mas o município ainda vive da atividade agrícola (em especial, do café) e da extração de mica (ou malacacheta), um mineral utilizado como placa isolante de eletricidade.

Como chegar


Vindo do Rio de Janeiro: Siga pela Washington Luiz (BR-040) até o acesso a Rio-Teresópolis e depois siga pela Rio-Bahia até o acesso a BR-482. Por esta via, siga até o acesso a MG-111.

Serão 13 km até a Rua Santa Rita. Por essa rua, são mais 12km até a Rua Julio de Assis, que dá acesso a área urbana da cidade.

Vindo de São Paulo: Siga pela Dutra até o acesso a BR-393. Pela BR-393, seguir até o acesso a BR-116 na cidade de Além Paraíba. Da cidade mineira até Caparaó, são mais 234 quilômetros. 

Linhas de ônibus



A melhor forma para ir a Caparaó de ônibus é indo para a cidade de Espera Feliz. De lá, a Empresa Itapuã de Turismo opera saídas para a aprazível cidade.

Saídas de Espera Feliz: 10:30 – 15:00 – 17:00 (via Serrinha) – 18:00

Saídas de Caparaó: 08:00 (via Serrinha) – 08:50 – 13:00 – 16:30


A Riodoce tem saídas de Caparaó para Manhuaçu e Manhumirim. Mais informações no site da
empresa clicando aqui

A dica do Viajante





Para quem desejar desfrutar da tranquilidade de Caparaó por alguns dias, recomendamos a Pousada Central. Na praça principal há opções para almoço/jantar ou um simples, mas bem elaborado lanche.





Texto e fotos de Luiz Antonio Doria, com informações do Wikipedia, do site Estações Ferroviárias do Brasil e Biblioteca IBGE.


Nenhum comentário:

Olá!

Sua opinião é muito importante para nós. Esperamos sua visita por aqui mais vezes.

Grande abraço e tudo de bom!

Tecnologia do Blogger.