Relatos de Viagem etc.

Temos neste exato momento lendo as nossas notícias





RODOVIÁRIAS: Terminal Rodoviário de Cataguases(MG)

Por Luiz Antonio Doria

A primeira parada de nossa rota pela Zona da Mata Mineira foi a bela cidade de Cataguases. E como de costume, analisamos a quantas anda a rodoviária desta aprazível cidade.

A Estação Rodoviária Emanoel Carvalheira Peixoto recebe passageiros de linhas intermunicipais como Astolfo Dutra, Leopoldina, Ubá, Itamarati de Minas…

…Juiz de Fora, Miraí, Santana de Cataguases, Rio Pomba, Tocantins, Piraúba, Belo Horizonte, entre outras.

Também há saídas para os distritos de Glória e Sereno, servidos pela Sereno Tur.

Dentre as linhas interestaduais, destacamos as linhas que ligam Cataguases às duas mais importantes capitais do país: Rio de Janeiro e São Paulo. Também há saídas para a fluminense Santo Antonio de Pádua, servida pela Paraibuna.

A administração da rodoviária é da Brascon, empresa que também presta serviços de limpeza e conservação urbana da cidade. O acesso ao terminal é considerado fácil (na entrada da cidade) e da rodoviária  para o centro urbano se leva quinze minutos a pé.

Ó os cariocas mandando bem nas terras de Meia-Pataca. Foto: Luiz Antonio Doria

No quesito alimentação, a estação rodoviária é servida de quatro “bares” ou “lanchonetes” e vamos e convenhamos que os preços praticados são razoáveis, não “atacando” os bolsos de quem pára aqui.

Os banheiros são limpos e bem-conservados e para utilizá-los é cobrada a tarifa de R$ 0,50 (cinquenta centavos).

Considero o único ponto negativo, a ausência de um auo-atendimento de um Banco 24 Horas. Visto que nem todas as cidades possuem todas as instituições bancárias, seria interessante que a administração local pensasse nisso. Fora isso, a Rodoviária de Cataguases atende os requisitos de uma boa rodoviária.

Поделиться в соц. сетях

Share to Google Buzz
Share to Google Plus
Share to LiveJournal
Share to MyWorld
Share to Odnoklassniki

Você deve estar logado para poder comentar Login

Login | Desenvolvido por Guilherme SC e André Moreira