Relatos de Viagem etc.

Temos neste exato momento lendo as nossas notícias





MONT SERRAT, um povoado e muitas histórias

Ao fim de seus serviços a coroa portuguesa na abertura do Caminho Novo das Minas Gerais, Garcia Rodrigues Paes recebe como recompensa uma extensa faixa de terra entre os rios Paraíba e Paraibuna.

Igreja de N. Sra de Mont Serrat. Foto de Jorge Ferreira Jr.

Ele instala uma fazenda com o nome Parahybuna.  Seu filho, Pedro Dias Paes Leme, dando prosseguimento a obra do pai, manda erguer uma capela dedicada a Nossa Senhora de Mont Serrat nos primórdios do século XVIII.

A atual igreja foi construída na primeira metade do século XIX, contando com o apoio da comunidade de Paraibuna e com o apoio do Barão de Santa Justa e do Barão de Piabanha.

Mont Serrat. Arte sobre mapa do DNIT de Luiz Antonio Doria

E assim, em 1884, com status de distrito,nascia Mont Serrá. O distrito, aos longo dos anos, passou por várias comarcas.

Nasceu subordinado a Paraíba do Sul, foi desmembrado para formar o município de Entre Rios e desde 1991 é subordinado ao município de Levy Gasparian.

Neste período, parte de seu território foi utilizado para criar um novo distrito (Afonso Arinos, em 1938) e em seguida, foi extinto (Foi incorporado a Afonso Arinos, em 1943).

E o RELATOS DE VIAGEM ETC vai mostrar o que Mont Serrat esconde.

A natureza em toda a sua plenitude, representada pelo Rio Paraibuna e pela pedra que atende ao mesmo nome.

Registro de Paraibuna. Foto: Jorge Ferreira Jr.

A história aqui se faz presente, então vamos contar com mais afinco a história da Fazenda Parahybuna e do patrimônio que aqui ficou para as futuras gerações.

Aqui também se gera energia! E as PCH ´s (Pequenas Centrais Hidrelétricas) que aqui se encontra terão o seu espaço.

Museu Rodoviário. Foto: Jorge Ferreira Jr.

E como falamos de transporte, não poderiamos deixar de falar sobre o Museu Rodoviário de Mont Serrat.

Transa, Progresso e TransLevy…É o CANTINHO DO BUSÓLOGO chegando!

Então, fiquem atentos…pois você conhecerá mais sobre Afonso Arinos, ops…sobre Mont Serrat, um povoado e muitas histórias para se contar.

Abraço e tudo de bom!



3 Comentários para “MONT SERRAT, um povoado e muitas histórias”

  1. [...] Fala, meu povo! Vamos a segunda parte da série de posts em que o Relatos de Viagem Etc fala sobre o povoado de Mont Serrat (confira a primeira parte clicando aqui). [...]
  2. [...] de conferir a historia de Mont Serrat – clique p/ver a primeira e a segunda parte – e os pontos turisticos (ou de interesse publico), você deve estar se [...]
  3. […] que não passa de uma alfândega nos tempos do império, segundo explicado aqui no RdV Etc. (clique aqui e relembre o post sobre a localidade de Mont Serrat) com o objetivo de evitar o contrabando do […]

Você deve estar logado para poder comentar Login

Entrar | Desenvolvido por Guilherme SC e André Moreira