Ads Top

São Francisco Xavier de Itaguaí: O Porto e a Ilha da Madeira

Fala, meu povo!

Já vimos como Itaguaí nasceu e dos distritos que se desmembraram desta cidade. Agora, vamos conhecer o Porto de Itaguaí e a Ilha da Madeira. Mas antes...

...apresento-lhes a NUCLEP, um dos símbolos da cidade. Fundada em 16 de dezembro de 1975 por meio do Decreto nº 76.805, a Nuclebrás Equipamentos Pesados S/A tem como especialidade a produção de equipamentos pesados para usinas nucleoelétricas fornecendo equipamentos para as usinas Angra I, II e III.

O porto de Itaguaí


O Porto foi inaugurado no dia 7 de maio de 1982, com a operação, à época, dedicada à descarga de alumina para a Valesul e carvão para a CSN. Foi concebido para transformar-se em Complexo Portuário e Industrial de Itaguaí.

Em 1973, o governo do então estado da Guanabara, promoveu estudos para implantação do Porto de
Itaguaí, destinado a atender - principalmente - ao complexo industrial de Santa Cruz, situado na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Com a fusão dos estados da Guanabara e do Rio de Janeiro, em 15 de março de 1975, a implantação do porto ficou a cargo da Companhia Docas do Rio de Janeiro. A Docas escolheu o município de Itaguaí para instalar o porto. As obras foram iniciadas em 1976, com a execução de acessos.

Apresenta uma retroárea de 10 milhões de metros quadrados de área plana, um canal de acesso com até 20m de profundidade e cais de acostagem em águas abrigadas, com infra-estrutura logística industrial e tecnologia em telecomunicações e suprimento, acessos multimodais e facilidades de transportes. É um porto moderno, com foco permanente nos procedimentos voltados para gestão ambienta e oferecerendo imediatamente redução de custo para o usuário a nível internacional de produtividade.

Modernizado para acompanhar a competitividade do comércio portuário nacional e internacional, será o 1º HUB PORT do Atlântico Sul. Em um raio de pouco mais de 500 Km estão situados os agentes produtivos responsáveis pela formação de cerca de 70% do PIB brasileiro. É um porto singular entre os portos brasileiros e latino-americanos. Com características físicas competitivas, tem acesso marítimo para receber navios de grande porte e de última geração acima de 6.000 TEUs.

Ilha da Madeira à vistaaaa!


E que vista!! Ilha da Madeira tem seus recantos e belas paisagens, onde o visitante pode desfrutar de muita tranquilidade, vendo a calmaria da Baía de Sepetiba e os pescadores a navegar em busca de seu alimento e sustento.

A origem de seu remonta a uma homenagem feita pelo primeiro colono, um português nascido na Ilha da Madeira. Aliás, o termo "ilha" não se aplica a localidade. Por volta de 1957, a proximidade da ilha com a localidade denominada Brisamar fez com que fosse iniciada o aterramento do manguezal que separa as duas porções de terra. Com a construção do porto, este processo se acentuou.

Hoje as caravelas que circulam na ilha não são mais de madeira...

...mas de duralumínio.

Barão de Tefé e Itaguaí na roda da história.

Antônio Luís von Hoonholtz, primeiro e único barão de Teffé, (Itaguaí - Rio de Janeiro, 9 de maio de 1837 — 6 de fevereiro de 1931) foi um almirante da Marinha do Brasil e senador durante a República Velha.

Era pai de Nair de Teffé, primeira caricaturista brasileira e esposa do presidente da República Hermes da Fonseca. Teve uma carreira brilhante na Marinha, tendo ingressado aos 15 anos de idade na Academia de Marinha. Foi nomeado guarda-marinha em 1854.

Recebeu seu primeiro comando no posto de Primeiro-Tenente, tendo como responsabilidade a Canhoneira Araguari. A bordo dela, Von Hoonholtz se notabilizaria pelas ações empreendidas na Guerra do Paraguai, sobretudo na Batalha Naval do Riachuelo.

Como Capitão-Tenente, comandaria, ainda durante a guerra, a Corveta Niterói e o Encouraçado Bahia. Findas as hostilidades e já de volta ao Rio de Janeiro, receberia as insígnias de Capitão-de-Fragata em 1869.

Foi promovido a Capitão-de-Mar-e-Guerra em 1878 e, posteriormente, a Almirante (Chefe de Divisão) em 1883 recebeu a promoção a Vice-Almirante em 1891, quando foi transferido para a reserva. Em 1912 foi reformado no mesmo posto e viveu os últimos anos de sua vida em Petrópolis.

Como Chegar

Vindo do Rio de Janeiro: Seguir pela Avenida Brasil até o acesso a BR-101 Sul (Rio - Santos) e adentrar a esquerda e depois a direita na Estr. de Piranema (RJ-099). Depois de 2,8 km seguindo por esta, entre a direita na Rua Gen. Bocaiuva, passando pela Praça Barão de Tefé. Bem-vindos a Itaguaí.

Para quem vem da Baixada Fluminense, a dica é encarar a Via Dutra até o acesso a BR-465 (Antiga Rio-São Paulo) na altura da Brahma. Por esta via, siga até o acesso a Reta de Piranema e depois entre a direita na Rua Gen. Bocaiuva, passando pela Praça Barão de Tefé. Bem-vindos a Itaguaí.

Vindo de São Paulo: A forma mais rápida de se chegar a Itaguaí e pela Via Dutra até o acesso a BR-465 (Antiga Rio-São Paulo) na altura da Brahma. Por esta via, siga até o acesso a Reta de Piranema e depois entre a direita na Rua Gen. Bocaiuva, passando pela Praça Barão de Tefé. Bem-vindos a Itaguaí.

Linhas de Ônibus

Real Rio

112B Central x Itaguaí
738P Campo Grande x Ilha da Madeira
113D Niterói x Itaguaí (poucos horários)

Expresso

458S Campo Grande x Itaguaí
118T Caxias x Itaguaí (Com variantes Via Piranema, Via Casa da Moeda, Direto Av. Brasil e outras)
Conceição de Jacareí x Itaguaí
Itacuruçá x Itaguaí
Mangaratiba x Itaguaí
Marechal Hermes x Itaguaí

E é claro que não podemos esquecer da Cidade de Itaguaí, que opera linhas para bairros como Chaperó.

Grande abraço e tudo de bom!
Texto: Luiz Antonio Doria
Fotos: Luiz Antonio Doria e Rodrigo Silva
Edição Gráfica: Fernando Ezídio

Um comentário:

  1. Thiago Souza Da Silva0110 de fevereiro de 2010 19:52

    Belas fotos ! mais que absurdo que A expresso fez: colocar onibus de 210cv nessa linha com efeito né ? um 17-230 seria bom para as linhas de itaguai.

    ResponderExcluir

Olá!

Sua opinião é muito importante para nós. Esperamos sua visita por aqui mais vezes.

Grande abraço e tudo de bom!

Tecnologia do Blogger.