Ads Top

A Santana do Rio Pirahy

E depois de apreciar o requinte e o charme da cidade, o RdV vai andar e contar - ou melhor, relatar - a história de Piraí. E tudo começou no período compreendido entre 1770 e 1772...


...quando foi erguida a capela de Santana do Piraí. Foi a partir da capela que surgiu o núcleo primitivo do município.

Praça de Santana

O desbravamento de suas terras se originou das tropas e caminhos que ligavam o Rio de Janeiro às "Minas Gerais". No ano de 1817, o povoado passou a categoria de freguesia sob a invocação de "Freguesia Perpétua de Santana do Piraí", no município de São João do Príncipe (São João Marcos, hoje distrito de Rio Claro).

Paço Municipal

A concessão de autonomia a freguesia, em 6 de dezembro de 1837, se deve ao contínuo processo de desenvolvimento baseado na economia cafeeira. E nesse ritmo, a Vila da Santana de Piraí adquiriu a condição de cidade passando a se chamar PIRAÍ em 17 de outubro de 1874.

No ano de 1883, o trem chegava a Piraí pelas mãos da Estrada de Ferro Pirahyense. Em 1885, a companhia e a estação foram comprada pela E.F. Santana e em seguida passou as mãos da V.F. Sapucaí. A Estação foi demolida e a linha férrea cujo trajeto seguia o rio Piraí foram arrancados.

A estação ficava onde hoje é o terminal rodoviário e a linha da E.F. Santana passava por onde hoje é a rua principal que dá acesso a Rodovia Presidente Dutra.

E das "terras do príncipe", ela adquiriu o distrito de São José do Bom Jardim ex- São José de Cacaria em 1890. Em 1938, São José do Bom Jardim passou a se chamar Monumento.

Mas pergunte a alguém se conhecem Monumento...Por incrível que pareça, Monumento até hoje é conhecida pelo seu nome inicial: CACARIA, que vale a pena uma visitinha do RELATOS DE VIAGEM ETC.

A dica dos viajantes

A dica dos viajantes é se deliciar com a tilápia sabor da terra da Casa do Manequinho: Tilápia defumada com macadâmias por cima, além de um purê de banana da terra e arroz com brocólis...delicioso.


E Viviane também recomenda a casquinha de tilápia! Ih, "o3"...olha a audácia da tilápia ao ver que Viviane o fotografava! Pega ele, Silva!!!


Confira as outras dicas da culinária local clicando aqui. Mas com cuidado senão a tilápia vai te pegar hem!


Como chegar

Vindo do Rio de Janeiro ou de São Paulo: Seguir pela Via Dutra até o acesso a cidade de Piraí, pela Rua XV de Novembro até o centro da cidade.

Vindo de Belo Horizonte: Seguir pela BR-040 até o acesso a BR-393/Etr. União e Indústria, no município de Cdor. Levy Gasparian. Por esta via, você deve seguir até a Rodovia Lúcio Meira. Pela Lúcio Meira - já no município de Paraíba do Sul - seguir até fazer uma curva à esquerda para a Estrada da Glória e em seguida a direita para voltar a BR-393/Etr. da Glória.

Seguindo pela BR-393, entre no acesso a direita na Rua José Alves Pimenta continuando na Luiz Barbosa. Depois, curva à esquerda na R. Dr. Morais Barbosa virando à direita na R. Cel. Novaes. Na R. Cel. Novaes faça uma curva suave à esquerda e se torna Av. Indepedências. Curva suave à direita na R. Franklin de Moraes, continuando para R. Paulo Fernandes e em seguida continue para Av. Miguel Couto Filho. Continue para R. Ari Parreiras e para a RJ-137 (a tal Canção do Amor). Curva suave à esquerda na R. Santos Dumont, virando à esquerda na R. XV de Novembro e virando à direita para permanecer na R. XV de Novembro.

Linhas de Ônibus

Viação Barra do Piraí

P175 Barra do Piraí x Piraí
Piraí x Ipê

Viação Normandy

Rio de Janeiro x Piraí

Viação Cidade do Aço

Piraí x Pinheiral Via Arrozal
Nova Iguaçu x Piraí
Rio de Janeiro x Piraí
Barra Mansa x Piraí
Mangaratiba x Piraí
Resende x Piraí
Volta Redonda x Piraí
Seropédica x Piraí

Colitur

Piraí x Passa Três


E os ônibus já dão uma prévia de que...

..."abriram a portera" para os cavalos de aço de Santana do Pirahy.

Abraço e até lá!
Texto: Luiz Antonio Doria e Leonardo Branco Fotos: Rodrigo Silva e Viviane Branco Arte sobre o Mapa Antt: Luiz Antonio Doria Fonte Pesquisa: Biblioteca IBGE e Estações Ferroviárias.

Um comentário:

  1. DICAS DE HOSPEDAGEM:

    Na PRAÇA DA PREGUIÇA (a principal):

    - HOTEL CASA DO MANEQUINHO (Aos hóspedes, digamos, mais requintados)
    - Mas se você for um pouco mais, digamos, desafortunado, há também a HOSPEDARIA DA PRAÇA, quase vizinho à Casa do Manequinho.




    NO CENTRO COMERCIAL:

    Ainda na mesma rua dos mesmos hotéis, indo na direção da parte comercial do centro da cidade, há também o HOTEL PIRAHY, direcionado também a atender um perfil mais exigente de hóspedes.

    ResponderExcluir

Olá!

Sua opinião é muito importante para nós. Esperamos sua visita por aqui mais vezes.

Grande abraço e tudo de bom!

Tecnologia do Blogger.