Ads Top

Falando o Gonçalês - Rodo e Zé Garoto

Fala, meu povo!

E vamos falar o "gonçalês": Uma série sobre os bairros de São Gonçalo do Amarante contadas e mostradas de um forma bem diferente. E depois de mostrar Ipiíba & Engenho do Roçado, Itaintindiba & Santa Izabel, Anaia, Legião e Meia-Noite vamos falar sobre o Centro de São Gonçalo.

Ou melhor dizendo...São Gonçalo não tem centro...São Gonçalo tem é Rodo!

Passa o Rodo, São Gonçalo!

São Gonçalo é uma cidade ímpar: É a única cidade que tem um "rodo" no lugar do Centro. Depois de Alcântara, é o centro financeiro da cidade. Foi também no Rodo de São Gonçalo que se celebrou a fundação da cidade, em 6 de abril de 1579.

Gonçalo Gonçalves, o dono da sesmaria localizada às margens do Rio Imboaçu, tinha recebido uma missão do Governador da Capitania do Rio de Janeiro: Construir uma capela e formar um povoado ao redor dela em três anos. O resultado...

...foi o que hoje é a Igreja Matriz de São Gonçalo do Amarante (era o santo de devoção de Seu Gonçalo). As obras começaram no ano de 1643 e foi concluída no ano de 1647, sendo a sexta paróquia em atividade na colônia portuguesa.

E no Rodo de São Gonçalo está localizado o Marco Zero da cidade...

...a Praça Esthepania de Carvalho!!! Mais conhecida como...

...a Praça do Zé Garoto, devido a um português (por que será que tudo em São Gonçalo tem ligação com um português?) que tinha na localidade um armazém de nome "Zé Garoto". Fica a pergunta: Será que ele era garoto mesmo?


O nome oficial da praça é uma homenagem a Professora Maria Estephania de Mello, que fundou com seu marido Zeno Bellido de Carvalho o Colégio São Gonçalo, pioneiro da educação municipal por revelar grandes talentos e...

...guarda alguns tesouros para os que gostam de ônibus, como este Metropolitana e ao fundo, vemos um Ciferal Condor.

E andando um pouco mais pela Praça do Zé Garoto, vamos encontrar um espaço dedicado a um ilustre "gonçalense".

Apesar de ter nascido na cidade de Rio Bonito, George Savalla Gomes...ops, o Palhaço Carequinha(1915 - 2006) residiu muitos anos em São Gonçalo até o seu falecimento. Hoje ele descansa no Cemitério de São Miguel juntamente com as vítimas do grande incêndio do Gran Circus Norte Americano, ocorrido em Niterói no ano de 1961.


Até o fim de sua vida, Carequinha alegrava e cantava com a criançada com o bordão "Tá certo ou não tá?". Uma justa homenagem concedida a aquele que levou alegria a muitos.

Grande abraço e obrigado pela sua visita!




Texto: Luiz Antonio Doria
Fotos: Rodrigo Silva Fonte Pesquisa: Wikipedia, Panorama Gonçalense, História de São Gonçalo e Território Gonçalense

3 comentários:

  1. Amigo Doria,

    Parabéns pelo seu site. Sempre leio. è muito interessante. Quanto à pintura da BREDA RIO vc está certo. Ela surgiu justamente do maço de cicarro FREE, segundo relato que ouvi do próprio diretor da empresa. Depois de varias tentativas frustradas com diversos desenhos, ele achou um maço de Free amassado e jogado no chão da garagem. Ao pegá-lo teve a idéia de aproveitar as cores e o formato das faixas.

    Abraço do
    ALVARO GONZALEZ

    ResponderExcluir
  2. Olá Álvaro,

    É um imenso prazer ter a sua visita neste humilde espaço dedicado a busologia e ao turismo.

    É um detalhe que percebemos quando estávamos elaborando o post sobre a Breda Rio. Mas, nunca imaginamos que a pintura REALMENTE fosse inspirada numa marca de cigarro.

    E sabe como é, aqui o DETALHE É QUE VALE.

    Abraço e tudo de bom!

    ResponderExcluir
  3. O Colégio São Gonçalo está no coração de muitos gonçalenses e para pessoas como eu, que estudei lá por 13 anos e adoro ônibus, é um lar muito especial.
    Parabéns pelo site

    ResponderExcluir

Olá!

Sua opinião é muito importante para nós. Esperamos sua visita por aqui mais vezes.

Grande abraço e tudo de bom!

Tecnologia do Blogger.