Ads Top

As margens do Rio São João da Pavuna...

...Viviam índios tupis que habitavam numerosas "ocaras" próximas ao Rio São João da Pavuna. Uma delas, correspondia a ocara de "Upabuna".

Praça Nossa Senhora das Dores e ao fundo, a Igreja da Paróquia de Santo Antônio

A Pavuna é um locais mais antigos da cidade do Rio de Janeiro e antes mesmo da época da fundação da cidade (Março de 1565), já era povoado. "Pavuna" na linguagem dos antigos habitantes significa "Lugar Escuro".

O Rio que recebeu o nome do bairro tem 14km de extensão e começa lá em Bangu e desemboca na Baía de Guanabara, na altura da Ilha do Governador. Apesar de estar extremamente poluído, o Rio Pavuna (Como já afirmei acima, o nome histórico dele é São João da Pavuna. Talvez em referência aos dois recantos que corta: São João de Meriti e o bairro da Pavuna).

No Século XVI, os primeiros engenhos de açúcar se instalaram na região e com ela vieram os escravos africanos. Em meados do Século XVII, era instalada a Freguesia da Nossa Senhora da Representação de Irajá (A Freguesia compreendia uma grande parte dos bairros da Zona Norte como Madureira, Cascadura e o próprio bairro do Irajá).

O tempo passou e a cana-de-açúcar já não dava proveitosos frutos na área da Pavuna. Os engenhos que produziam aguardente e açúcar viraram fazendas onde as plantações de café eram as vedetes e para escoar a produção cafeeira foram necessárias algumas modificações.

Uma delas foi a passagem dos trilhos da Estrada de Ferro Dom Pedro II . A Outra foi a construção do canal que retificou o traçado do rio Pavuna.

Questão Territorial

O bairro ocupou as duas margens do Rio Pavuna (A que pertencia a Freguesia do Irajá e a outra, que pertencia a Freguesia de Piedade do Iguaçu, hoje S.João de Meriti) até meados do século XIX. Até aí aconteceu uma intensa disputa entre a cidade do Rio de Janeiro e a cidade de Iguaçu.

Iguaçu (Ou Nova Iguaçu) solicitava que a fronteira entre ela e o Rio de Janeiro se estendesse para as margens do Rio São João, assim obteria as duas partes do territorio as margens do Rio Pavuna. Mas Nova Iguaçu perdeu a disputa para a cidade do Rio de Janeiro e a fronteira foi estabelecida justamente as margens do Rio Pavuna.

Pavuna HOJE

Olha a antiga Rio do Paaaaauuuuuu!!! Hoje ela se chama Chrisostomo Pimentel de Oliveira. A Estrada tem um entroncamento com a VIA LIGHT, que deveria servir de integração com a Linha 2 do Metrô, e segue até Anchieta.

Hoje a Pavuna é conhecida pelo sua intensa atividade comercial. Isso se deve também a famosa "Feirinha da Pavuna", onde tem de tudo um pouco (Aliás a feirinha ficou conhecida pela voz de Jovelina Pérola Negra).

E devida a essa "disputa" citada acima, talvez o pavunense se sinta meio carioca, meio meritiense. Fato é que muitas linhas que servem o município vizinho passam ou tem seu ponto final na Pavuna.

Santa Terezinha e seu Spectrum City, sob o chassi VW 15-190. Recentemente, a 437I recebeu alguns carros novos. São Mascarellos Gran Midi II, mas o chassi continua o mesmo. Dá-lhe fuscão!

Svelto sob MB OF1721 da Flores na 716L, que liga o bairro de Cosmorama à Cascadura. Além da 716L, outras linhas da Flores cruzam a Pavuna: 496I (Santa Tereza),497I(Bom Pastor),715L (Jardim Redentor/Três Setas), 720L (Novo Rio), 721I...

...722I(Sgto Roncali), 724I (Vale do Ipê/Lote XV),734L (Vila Norma),736L e 738L (Ambas para o Jardim Botânico).

O transporte alternativo é uma problemática na Pavuna: Para quem vai a regiões como Parque Colúmbia, Village e Javatá (uma rua nos arredores da Chrisostomo Pimentel) a única opção era a kombi, que acabava levando a melhor contra as linhas de ônibus que passam nessas localidades.

E a Vila Real e a Pavunense contra-atacaram com a 727 (A Vila Real com a variante A e a Pavunense com a variante B). Por R$ 1 (no dinheiro), o pavunense vai numa boa para o Javatá! É escolher entre Neobus Thunder+, Marcopolo Senior ou uma Kombi.

E para encerrar...

...uma demonstração de duas linhas que seguem pela Via Light, rumo aos municípios da Baixada Fluminense: Vila Rica com Viale MB OF1721 para o Morro Agudo (Para quem não conhece, pode chamar de Comendador Soares) e São José atacando com Urbanuss Pluss sob MB OF1722 (detalhe: comn vista eletrônica branca!) para a Nova Iguaçu.

Abraço e tudo de bom!

Texto: Luiz Antonio Doria

Fotos: Luiz Antonio Doria e Fernando Ezídio

Fonte Pesquisa: Wikipédia

Um comentário:

  1. Parabéns pelo Blog! Continua divertido e com muita informação interessante! Estive um pouco sumido estes tempos, mas estou voltando a frequentar os Blogs que tem o mesmo tema do ABC BUS: busologia!

    Obrigado por continuar prestigiando nosso trabalho!

    Abraços,

    Diegobuss GV
    ABC BUS - 2008

    ResponderExcluir

Olá!

Sua opinião é muito importante para nós. Esperamos sua visita por aqui mais vezes.

Grande abraço e tudo de bom!

Tecnologia do Blogger.