Ads Top

Não há RIOCARD que pague a saudade de um Apache VIP na 377

Numa manhã do mês de outubro, o pavunense médio se deparou com a seguinte situação

No lugar dos Apache Vip encarroçados sobre o chassi VW 17-210 que serviam aos passageiros da 377...

...entram os Mascarellos Gran Midi II. Mas, o chassi continua da mesma marca: Volkswagen (Só que encurtou um "pouquinho": VW 15-190 EOD)

Para quem vai a Praça XV, fica a proposta do amigo Buzzolango: Capas para reproduzir o efeito do ar proveniente do Apache Vip. Garanto que no verão vai bombar!!!!!

Enquanto as capas não chegam, resta torcer para que a 351 e a 372 não sejam "beneficiadas" com essa renovação. E é por isso que (Em estilo "Roberto Carlos")...

"Não há no RIOCARD no Rio que me pague a saudade de um Apache com ar-condicionado"

E depois da mudança, chove reclamações dos passageiros da 377 enfurecidos!! Segura essa, Rubamérica!

E esse post do RDV. marca a estréia do mais novo membro da Equipe: O "Bacharelando em fotografia RDV" Fernando Ezídio!

Bem-vindo, Aspira!

Abraço e tudo de bom!

Texto: Luiz Antonio Doria

Fotos: Fernando Ezidio e Luiz Antonio Doria

2 comentários:

  1. Tirando o fato de serem sem cobrador, achei que que a entrada de carros sem cobrador seria positiva. Mas não sabem operar mesmo, é 8 ou 80, o certo seria metade da frota com e metade sem ar, pra dar opção...

    ResponderExcluir
  2. Pois é, Fernando!

    O Certo seria Micrões em linhas de média/baixa demanda ou em regiões em que os ônibus convencionais não tivessem condições de rodar(É o Caso de Petrópolis).

    Mas, no caso da 377 deveria ser 50% para cada opção.

    ResponderExcluir

Olá!

Sua opinião é muito importante para nós. Esperamos sua visita por aqui mais vezes.

Grande abraço e tudo de bom!

Tecnologia do Blogger.