Ads Top

Guerino Seiscento - O Bandeirante do interior paulista

Fala, meu povo!

Apreciando o que a busologia nacional divulga na lista de discussão "meios de transporte" fiquei fascinado com uma empresa e sua pintura bem incrementada!

A Guerino Seiscento, mostrada pelas lentes do amigo Francisco Ivano.

Então, pensei: "Fiquei fã dessa empresa e de sua pintura! Quero mostrar mais do que os ônibus desta empresa!" Comentei sobre o meu interesse com o Ivano, que prontamente me repassou uma pesquisa sobre a Guerino Seiscento.

Guerino Seiscento, o espírito bandeirante do Século XX.

Visão geral da Entrada da Garagem

Desbravar terras em busca de novos mercados marcou a história dos bandeirantes paulista durante o período de colonização do Brasil. Há mais de 300 anos, expedições comandadas por corajosos aventureiros embrenhavam-se pela selva e viajavam meses, algumas vezes até anos, na procura de ouro e metais preciosos.

Galpão para manutenção preventiva

Certa vez, em uma destas expedições, ao sentir-se ameaçado pelos indígenas, o destemido bandeirante Bartolomeu Bueno da Silva, conhecido como Anhaguera, não hesitou em disparar tiros para o alto, com objetivo de afastar seus oponentes.

Assustados com o som os índios começaram a dizer "Tupã,Tupã...", palavra que em tupi-guarani significa trovão, fenômeno ao qual atribuiam características divinas.

Em 1946, no interior de São Paulo, um rapaz com então 20 anos de idade tinha sonhos típicos da juventude. Queria aumentar seus limites, ampliar as sua fronteiras. Apesar da pouca idade, este jovem intrépido dava os seus primeiros passos na contrução de um grande patrimônio dentro do setor de transporte coletivo de passageiros. Junto à Prefeitura, Guerino conseguia a 1º linha de ônibus.

Porém, Guerino Seiscento almejava mais, muito mais! Com ajuda de moradores, Guerino desmatou uma área e prolongou a linha inicial.


Guerino Seiscento começou cedo no ramo de transportes de passageiros. Aos 15 anos, ele já trabalhava como cobrador na empresa de seu pai. Era uma época em que o transporte rodoviário apenas engatinhava e o trem ainda era o símbolo do progresso. Os primeiros tempos foram árduos. Além da concorrência, Guerino era obrigado a abrir novas estradas na zona rural, contando para isso com a ajuda de fazendeiros interessados.

E foi assim que abriu novos espaços em áreas até então desprovidas de transporte coletivo. Conquistou novos passageiros e pode assim ampliar seus serviços.
Municípios atendidos pela Guerino Seiscento: Assis - Araçatuba - Barbosa - Braúna - Bilac - Birigui - Cornélio Procópio (PR) - Clementina - Cardoso - Florínea - Gabriel Monteiro - Getulina - Iacrí - José Bonifácio - João Ramalho - Juliana - Leópolis - Londrina (PR) - Lins - Martinópolis - Macucos - Osvaldo Cruz - Parapuã - Penápolis - Piacatú - Paraguaçu Paulista - Presidente Prudente - Quatá - Queirós - Rinópolis - Rancharia - Sertaneja (PR) - Sertanópolis (PR) - Santópolis do Aguapeí - São José do Rio Preto - Santa América - Tarumã - Tupã - Universo.

A Guerino Seiscento opera também linhas Intermunicipais Rodoviárias e Suburbanas (DER/SP), Interestaduais (DNER) e linhas urbanas nos Municípios de Tupã, Adamantina e Penápolis.

Opera o Fretamento em Todo o Estado de São Paulo, por meio de Prefeituras Municipais de Tupã, Birigui, Adamantina e Penápolis. Suas Garagens estão nas cidades de Tupã, Assis, São José do Rio Preto, Araçatuba, Rinópolis, Penápolis e Presidente Prudente.

Agradeço ao amigo Francisco Ivano pela pesquisa e fotos! Abraço a todos os visitantes do interior e capital paulista!

Abraço e tudo de bom! Obrigado pela sua visita ao RELATOS DE VIAGEM ETC.




Pesquisa e Fotos: Francisco Ivano
Revisão: Luiz Antonio Doria


3 comentários:

  1. Muito boa a sua matéria. Parabéns. Só tenho a acrescentar que viajo muito pela empresa Guerino no trajeto Londrina - Paraguaçu Pta - Londrina e sou puro elogios a toda a equipe.

    ResponderExcluir
  2. Também viajo diariamente pela Guerino no trajeto Lins - Getulina - Lins...só que no meu caso, eu tenho que lamentar...Os carros são velhos, mal-cheirosos e na maioria das vezes faltam cobradores e o próprio motorista tem que cobrar a passagem, fazendo com que a viagem demore mais que o necessário!

    ResponderExcluir
  3. Muito boa a matéria. É uma empresa excelente mesmo. Só tenho a acrescentar que a Guerino Seiscento opera através dos "Autos 7141/DER/73" a Linha Marília-Presidente Prudente, passando por: Distrito de Padre Nóbrega, Oriente, Pompéia, Distrito de Paulópolis, Quintana e Herculândia, no trecho entre Marília e Tupã. Reentemente começou a operar fretados para transporte de funcionários das Industrias Jacto S/A de Pompéia. Tem também alguns carros operando linhas regulares das empresas SILVATUR nas linhas S.J.R.Preto-Londrina via Marília, e TRANSFERGO nas linhas Suburbanas Assis-Marília, Assis- Lins, Marília-Lins e na Linha Direta Assis-Campinas. Quanto ao comentario acima, realmente a cidade de Lins sofre muito com relação ao transporte coletivo, com a FERGO, SILVA, e mesmo com a GUERINO, que nessa cidade são muito precarias.

    ResponderExcluir

Olá!

Sua opinião é muito importante para nós. Esperamos sua visita por aqui mais vezes.

Grande abraço e tudo de bom!

Tecnologia do Blogger.