Ads Top

EXPRESSO TIRADENTES, O METRÔ SOBRE RODAS

Depois de voltarmos no tempo, chegou a hora de avançar!!!

A Bordo de um Monobloco O 400 da Redenção (Pintura simpática, não acham?) nos encaminhamos rumo ao Terminal Mercado, onde conheceriamos um avanço no transporte público: O Corredor Expresso Tiradentes.

No caminho para o Terminal Mercado, acompanhamos e participamos de uma manifestação cultural da cidade de São Paulo: Sampa não é Sampa sem os seus clássicos e longos engarrafamentos. Até me lembrei das segundas na Ponte Rio-Niterói.

Bem-vindos ao Terminal Mercado, amigos do RELATOS DE VIAGEM ETC.


O Terminal Mercado é apenas um das seis estações do Expresso Tiradentes. Inaugurado em 10 de março de 2007, transporta 40.000 passageiros/dia e 1.200.000 passageiros/mês. Desde a sua inaguração, 7.000.000 de pessoas já passaram por ele.

Sessão fotográfica em frente ao Terminal Mercado.

Fomos bem recebidos pela Equipe da SPTrans, através da Assessora de Marketing, Dra. Cilene Cabral. Foi nos fornecido toda a infra-estrutura para que a busologia carioca conhecesse a fundo o Corredor Expresso Tiradentes.

O Expresso Tiradentes é um corredor dedicado ao transporte coletivo, ligando Cidade Tiradentes, no extremo leste da capial ao Parque Dom Pedro II, no centro. Possui 32 km de extensão, 9 Km de via exclusiva e 23 Km de faixa exclusiva à esquerda com ultrapassagem.

Mapa com divisão das áreas operacionais do Sistema Integrado, que é subdivido em dois subsistemas: Estrutural (formado por grandes corredores que ligam o centro da cidade aos bairros. Nele circulam ônibus comuns, articulados e biarticulados) e Local (formado por cooperativas de micro e miniônibus, atendendo os bairros entre si e alimentando o Subsistema Estrutural).

Todas as estações possuem um Centro de Operação do Terminal - COT.


Cada COT tem a função específica de administrar especificamente uma estação. As fotos acima são do COT da Estação Mercado.

Tivemos a grata experiência de viajar do Terminal Mercado...

...até o Terminal Sacomã...

...Em um Gran Viale como este da foto abaixo.

A velocidade máxima do Corredor Expresso Tiradentes é de 50 Km. E no Sacomã, tivemos uma tarde com muitas fotos e observações a tirar.


Além de observarmos toda a infra-estrutura do Expresso Tiradentes...

...Foi nos explicado o mecanismo do BILHETE ÚNICO.

Em 2006, o Sistema Integrado unificou todas as linhas do Metrô e da CPTM. Assim surgiu o Bilhete Único, onde o usuário pode pegar até quatro conduções em um período de duas horas, pagando uma única tarifa. Dessa maneira, o passageiro pode escolher o tipo de transporte que quiser por um preço menor e podendo trocar de transporte em qualquer ponto do percurso.

O Pessoal de Apoio do Terminal Sacomã.

Podemos considerar o Expresso Tiradentes um "Metrô Sobre Rodas"? Acho que sim...Agora, será que podemos sonhar com esse projeto um dia em vias de grande fluxo na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, interligando regiões da Capital ao Centro da cidade? Claro, afinal de contas...sonhar não custa nada...hehehehe

Agradecemos imensamente a Assessoria de Marketing da SPTrans e a todos os funcionários do Corredor Expresso Tiradentes, pela atenção dedicada a todos os busólogos do Rio de Janeiro.

Texto: Luiz Antonio Doria

Fotos: Luiz Antonio Doria e Leonardo Branco




2 comentários:

  1. Caras,achei legal vcs visitarem sampa e ver pontos positivos a serem levados para o Rio.Realmente no Rio o sistema de transporte é precario,as ligações entre cidades da baixada com Rio são muitos ruins,o metro é lento e o trem é uma piada.
    Digo isso pq morei 3 anos ai e posso afirmar que o Rio merecia coisas melhores.O metro deveria ir até Nova Iguaçu no minimo.Mas esse sistema de espresso seria legal beirando a linha amarela e vermelha,não fosse os perigos por ali.
    Abraços e sinta-se a vontade!

    ResponderExcluir
  2. Olá, Desabafa!

    O sistema metroviário deveria ser integrado ao ramal Belford Roxo da Supervia (Afinal de contas, o Metrô foi construído junto a estação para isso. Pena que essa finalidade não é bem aproveitada).

    É, concordo contigo: A Violência existente ao redor das linhas expressas é que atrapalha o desenvolvimento e modernização do transporte coletivo urbano. O Expresso Tiradentes, sendo implantado no Rio, deveria operar em corredor expresso nas linhas amarela e vermelha, servindo de integração entre as linhas da Baixada/Centro e Zona Norte/Barra.

    Sem esquecer as integrações entre trens, metrô e ônibus.

    Abraço e grato pela sua visita

    ResponderExcluir

Olá!

Sua opinião é muito importante para nós. Esperamos sua visita por aqui mais vezes.

Grande abraço e tudo de bom!

Tecnologia do Blogger.